outros sites

Uma empresa global
de energia, líder
em criação de valor.

EDP Brasil

Notícias

Festival de grafite vai celebrar aniversário de São Paulo no Novo Museu do Ipiranga



Data também marca o aniversário do anúncio da EDP como a primeira patrocinadora da obra de recuperação do equipamento cultural


No dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, o Museu do Ipiranga, importante símbolo da cidade, vai receber um grande evento ao ar livre: o Tapume! Festival de Graffiti. A iniciativa terá participação de 35 grafiteiros, que vão transformar em obra de arte os 219 metros de tapumes que protegem a fachada do novo Museu do Ipiranga, atualmente em obras de restauro e ampliação. A data também marca o aniversário de um ano do anúncio da EDP como a primeira patrocinadora da obra de recuperação do equipamento cultural, fechado desde 2013. Desde então, outras empresas abraçaram o projeto, permitindo ao governo de São Paulo iniciar a obra em setembro de 2019.


O trabalho dos artistas poderá ser acompanhado pelo público das 10 às 19 horas. Após ser concluído, o grande painel poderá ser observado tanto pelos pedestres quanto por motoristas que transitarem pela movimentada avenida Nazaré. Para a ação, os artistas serão inspirados pelo tema "o visível e o invisível na História", uma menção ao potencial do que o museu deve apresentar em sua reabertura. "As novas exposições contemplam espaços para curadorias compartilhadas que buscam ampliar as possibilidades de leitura e significação histórica de temas como o trabalho, a casa, o que é e o que faz um museu", comenta Solange Ferraz de Lima, diretora do Museu Paulista, unidade da USP que engloba o Museu do Ipiranga. Nomes de destaque da arte urbana como Binho, Chivitz, Minhau, Vermelho, Salmos, Kueia, Pas, Ronah, Pardal e Tikka participarão do evento. A escolha dos convidados contou com curadoria de Gustavo Cortelazzi, conhecido como Verde.

 

A programação também prevê ações como a palestra Arte Urbana no Século XXI, ministrada no Auditório do Museu (próximo às obras, endereço abaixo), às 10h, por Baixo Ribeiro, fundador da galeria Choque Cultural e coordenador do programa USP_Urbana. Serão oferecidas 50 vagas mediante inscrição prévia no link https://forms.gle/B5tsoGHxVx7cV37S9.  


Compromisso com o patrimônio histórico brasileiro


A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, está investindo R$ 12 milhões na restauração do Museu do Ipiranga, montante que representa 10% do total do custo da reconstrução de um dos espaços históricos mais reconhecidos na América Latina. A obra, com duração prevista de 45 meses, está estimada em cerca de R$ 120 milhões. A Empresa, por meio do apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura foi a primeira companhia privada a anunciar o apoio ao Museu. A reinauguração do edifiício-monumento está prevista para 2022, ano do bicentenário da Independência no país.

"Como a maior empresa portuguesa em operação no País, a EDP se orgulha de apoiar projetos que evidenciam os laços históricos e culturais entre Portugal e Brasil. Por isso, patrocinar a restauração do Museu do Ipiranga é uma oportunidade única de ressignificar a relação entre as duas nações, que compartilham tantos valores", afirma Luís Carlos Gouveia, diretor do Instituto EDP, entidade responsável pelas iniciativas sócio-culturais da EDP.

A promoção da cultura luso-brasileira é uma das bandeiras da Companhia, que garantiu também o maior patrocínio à reconstrução do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo: um investimento de R$ 20 milhões até 2019. Para levar a experiência do Museu a todo o País, a EDP criou a exposição itinerante "A Energia da Língua Portuguesa". Instalada em um caminhão, a mostra rodou o Brasil, levando cultura e informação sobre a língua a mais de 29 mil visitantes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Tocantins Bahia e Ceará. Ainda nessa frente, a Empresa foi apoiadora cultural da 25ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo e é co-patrocinadora da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP).


Sobre a EDP no Brasil


Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.


Veja todas as notícias


Prêmios e Reconhecimentos